Como saber se o Motor da Furadeira está sendo Forçado?

 

Como saber se o motor da furadeira está sendo forçado?

As furadeiras são utilizadas nos mais diversos ramos e são extremamente úteis tanto em grandes projetos, quanto para pequenos trabalhos em casa. No entanto a utilização excessiva, ou de forma indevida pode danificar a sua ferramenta reduzindo a sua vida útil. Devido a isso, hoje vamos te mostrar 6 sintomas que podem ser apresentados pela sua furadeira, e que indicam que o motor pode estar sendo forçado, e necessitando de manutenção! Bora conferir?

Potência Enfraquecida

Se ao ligar a sua furadeira a potência estiver muito baixa, tornando a perfuração um desafio, a sua ferramenta pode estar com as escovas de carbono antigas ou gastas. Isso acontece porque são elas as responsáveis por transferir a corrente elétrica da fonte para o motor. A boa notícia é que elas podem ser trocadas, e depois disso a sua furadeira estará potente e eficiente novamente.

Cheiro de Queimado

A sua furadeira parece funcionar normalmente, mas libera um cheiro de queimado no ar? Esse é um indício de que algo não está legal, e inclusive pode ser resultado de uma sobrecarga no motor. Durante o uso os motores geram muito calor, e seu funcionamento por muito tempo pode levar ao superaquecimento e a liberação de um cheiro de queimado, e com isso a broca não funcionará mais, mesmo que a ferramenta continue girando.

Ruído Agudo e Alta Frequência

Sabemos que as furadeiras quando em uso emitem um barulho, porém se diferente do que acontece normalmente for liberado um som estridente pode ser um sinal de que a sua ferramenta está precisando de lubrificação.

Faíscas e Fumaça

Se durante o uso faíscas ou fumaça forem liberadas da sua ferramenta, não hesite em desliga-la imediatamente. Esse comportamento demonstra que há uma tensão no motor. Ela pode ser resultado da entrada de partículas de poeira na ventilação da ferramenta durante o uso.

A furadeira não Liga

Como assim se ontem mesmo eu usei, e ela estava funcionando? Esta situação é um tanto quanto comum, não é mesmo? Isso pode ser resultado do desgaste da escova e encurtamento das molas que ocorrem com o passar do tempo. Mas nada que possa levar à perda da sua ferramenta, pois as peças podem ser substituídas por outras novas.

Superaquecimento

Sabemos que quando em uso normalmente o motor da furadeira aquecerá, no entanto se o aquecimento for na broca as causas podem ser;

– Utilização da broca para fazer um trabalho no qual ela não é apta;

– Conexão ruim com a energia;

– Como a partida é um dos momentos que mais exigem esforço, se a furadeira for ligada e desligada por vezes seguidas, isso também poderá ocorrer.

O que achou do artigo de hoje? Você já viveu alguma das situações acima no seu dia a dia? Deixe nos comentários! Compartilhe conosco!

Deixe uma resposta