Ferramentas para Marcenaria – As melhores Ferramentas Manuais!

Kit marcenaria básica para iniciantes

Primordialmente existem diversos tipos de máquinas e ferramentas que são utilizados para a realização de trabalhos em madeira nas marcenarias. Por meio dessas ferramentas manuais, atividades que seriam manualmente trabalhosas se tornam muito mais práticas e precisas.  Veja abaixo 10 ferramentas que devem estar presentes na sua marcenaria.

Esquadro de carpinteiro

Esta ferramenta para marcenaria é dotada de ângulos e medidas variadas. Por meio dele pode-se traçar linhas perpendiculares, inclinadas, ângulos retos, dentre outras possibilidades no desenvolvimento do projeto de móveis e outros objetos que devem ser montados e cortados com maior precisão. Os modelos podem se adaptar de acordo com o trabalho a ser desempenhado. A escala deve ser gravada, e não impressa, pois isso oferecerá uma maior durabilidade do produto.

Formões

São utilizados para aparar e recortar pedaços de madeira. O seu formato pode variar, podendo ser retos ou chanfrados. O tamanho da lâmina também pode vaiar de acordo com o corte que se pretende realizar. Para utilizá-lo basta golpear o seu cabo com o auxílio de um martelo ou malho, e o mesmo realizará cortes no material. Na execução de móveis, os formões são muito utilizados para proporcionar ajuste e encaixe as peças do mesmo.

Plaina

Especialmente quando é necessário dar acabamento a madeira, esta ferramenta é de grande importância, pois possibilita a remoção de marcas e de irregularidades indesejadas na madeira, tornando-a mais lisa e uniforme.

Trenas

Então muito conhecida, a trena é um instrumento de medição utilizado para medir alturas e distâncias. Elas devem apresentar medições claras, e suas fita devem ser resistente. A sua qualidade deve ser um fator de atenção no momento da compra, pois do contrário as medições podem ficar incorretas.

Régua de Aço

Possuem mais resistência que as compostas por alumínio, e oferecem maior precisão para os seus trabalhos. São preferíveis as que possuem mais de uma medida, e com acabamento acetinado (opaco), pois proporciona menos reflexo quando utilizada em ambientes onde a luz reflete em vários pontos da régua, não dificultando a visibilidade.

Serrotes

Eventualmente são usados serrotes nas marcenarias para a realização de cortes em madeira. Geralmente são fabricado em aço flexível e formato triangular, sendo na maioria das vezes o seu cabo de madeira, porém existem no mercado diversos tamanhos e dentições de acordo com o objetivo de cada marceneiro.

Ferramentas
Malho de madeira

É muito utilizado para realizar entalhe com formão. Por ser feito de madeira, não estraga o cabo da ferramenta. Também pode ser usado para bater na madeira para realizar junções mais apertadas, ou ainda, incorporar cavilhas e insertos de madeira.

Riscadores

Geralmente são muito utilizados lápis e caneta para a realização de marcações na madeira, porém em madeiras escuras a visibilidade pode ficar comprometida. Riscadores além de não sujarem o material, podem também ser utilizados em materiais como aço e alumínio. É muito utilizado também para a marcação de furos.

Grampos

São utilizados principalmente para segurar as peças no lugar certo para a realização de cortes, marcações, etc. Os modelos mais simples, comumente conhecidos como grampos “C” ou sargento além de muito úteis, possuem preço mais acessível. Existem modelos que permitem inverter a posição da cabeça. Deste modo ele poderá funcionar também como um “macaco” simples, muito útil para descolar peças de madeira, ou para pressão de colagem invertida.

Graminho

Enfim temos o graminho, ele é perfeito para a marcação de encaixes. Possibilita a realização de marcações iguais repetidas vezes, bastando ajustá-lo na primeira vez e depois estando travado na medida desejada é só repetir a marcação, sem ter que ajustá-lo novamente. O graminho torna as marcações padronizadas.

Siga nosso Instagram: @comercialjrltda e fique por dentro de nossas novidades!

Deixe uma resposta